Pesquisar este blog

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Política em Tutoia: Prefeito Diringa Baquil é afastado do cargo. Tumulto e agressões agitam o final da sessão extraordinária

Aglomeração em frente a Câmara do vereadores durante a realização da sessão

Na tarde de ontem, quarta-feira (22), foi realizada a sessão extraordinária para apreciação do parecer do relator da comissão processante que apura os crimes de responsabilidade na gestão do Prefeito Diringa Baquil. Dos treze vereadores que compõem o Poder Legislativo, doze compareceram, sendo que sete votaram a favor do parecer do relator pelo afastamento, e 4 votaram contra o parecer. O vereador Paulinho (base do Governo) não compareceu na sessão.
Vereador Antonio Chico, presidente da Câmara

Com a decisão, o prefeito Diringa Baquil fica afastado do cargo por até 180 dias ou o tempo que durar o processo, assumindo em seu lugar o vice, Batista Leonardo, que segundo o presidente da casa, será notificado da decisão o mais breve possível, obedecendo o regimento.

Vereador Zé Orlando, relator do processo que pediu o afastamento do Prefeito Diringa

Diringa Baquil, ao contrário de alguns comentários, não foi cassado, foi afastado do cargo, podendo recorrer da decisão. Porém, seguindo o rito, as apurações sobre as denuncias e indícios de crime de responsabilidade continuarão, após este processo de apuração e apresentação da defesa, que poderá culminar em sua cassação, neste caso, é necessário nove votos a favor.

Prefeito afastado Diringa Baquil

O fato ocorrido na tarde de ontem, é um fato histórico na política de Tutoia, a primeira vez que um prefeito é afastado do cargo pelo poder legislativo, o que gerou muitos comentários nas redes sociais, contra e a favor da decisão.

Na saída da sessão, mesmo com forte esquema de segurança montado para garantir a integridade física dos legisladores, houve tumulto, agressões e prisões. Simpatizantes do governo aglomerados na galeria e na parte de fora da Casa, acompanharam alguns vereadores oposicionista utilizando de xingamentos contra os mesmos e tentativas de agressão. O vereador Zé de Mar foi agredido fisicamente, ovos foram lançados contra o vereador Nilson e Zé Orlando, um dos ovos arremessados atingiu um policial que teve escoriações no rosto, o Capitão Benilton e Sargento Rabelo foram desacatados, decorrendo na prisão de um homem. 

Forte esquema de segurança montado para garantir a integridade física dos legisladores 
Segundo informações da Delegacia de policia do município, 4 conduções foram realizadas, os presos foram levados ao DP, mas, após pagamento de fiança feita por alguns advogados, os detidos foram liberados.

Veja abaixo o vídeo no momento da saída de alguns vereadores oposicionistas 


Nenhum comentário:

Postar um comentário